Support Your Freedom to Speak:
The Red Pill (A Pílula Vermelha) Documentário Legendado PT BR Completo
9 views
channel image
Barao de Itarare
Published a month ago |
The Red Pill conta a jornada de Jaye, inicialmente como uma feminista cética investigando o que ela acredita ser um movimento de ódio. Ela continua investigando e descobre que o movimento é diferente do que esperava e começa a questionar suas próprias visões sobre gênero, poder, e privilégio. O filme discute problemas que afrontam homens e meninos, como as taxas de suicídio masculino, fatalidades no trabalho, trabalhos de alto risco, serviço militar obrigatório, falta de serviços para homens vítimas de violência doméstica, estupro, altas taxas de violência, problemas relacionados a divórcio, guarda dos filhos, disparidade de sentenças criminais, financiamento e pesquisa desproporcionais dos problemas de saúde masculinos, desigualdade educacional, tolerância social de misandria, circuncisão e a falta de direitos reprodutivos dos homens. Inclui entrevistas com ativistas de direitos dos homens e apoiadores do movimento, como Paul Elam, fundador de A Voice for Men; Harry Crouch, presidente de National Coalition for Men; Warren Farrell, autor de O Mito do Poder Masculino, e Erin Pizzey, que deu início ao primeiro abrigo de violência doméstica no mundo moderno. Também inclui entrevistas com feministas e críticos ao movimento, como a editora executiva da revista Ms., Katherine Spillar, e o sociólogo Michael Kimmel. Contém também trechos do vídeo-diário de Jaye.

FREE email alerts of the most important BANNED videos in the world

Get FREE email alerts of the most important BANNED videos in the world that are usually blacklisted by YouTube, Facebook, Google, Twitter and Vimeo. Watch documentaries the techno-fascists don't want you to know even exist. Join the free Brighteon email newsletter. Unsubscribe at any time. 100% privacy protected.

Your privacy is protected. Subscription confirmation required.

The views and opinions expressed in this video do not necessarily represent the views of Brighteon or its affiliates.